Como fazer prova de concurso? Quais as melhores dicas e as estratégias fundamentais para transformar meses de aprendizado em respostas corretas marcadas no gabarito?
Toda prova de concurso tem questões fáceis, médias e difíceis. Parece óbvio, não? Mas é exatamente assim que as bancas pedem aos elaboradores: queremos 2 questões fáceis, 2 médias e 1 difícil.

O resultado disso é que você saberá responder todas as fáceis e boa parte das médias. É assim para todo mundo. É por isso que tanta gente não estuda quase nada e acha que “foi muito bem”. Chegar a 40% ou 50% de acertos não é algo tão complicado assim.

O grande bolo dos concorrentes se encontra ali entre os 65% e os 75%. É ali que um ponto nos joga dezenas de posições acima ou abaixo. Para sair desse bolo, você deve evoluir sempre, como já expliquei aqui no site.

Mas a estratégia de prova também pode fazer a diferença entre ser aprovado e ser um completo desastre. Sem a estratégia correta, você pode simplesmente deixar de responder inúmeras questões fáceis. Difícil de acreditar? Isso é muito comum! Muita gente acha que a prova deve ser feita de uma vez só, do início ao fim, da forma como vem. Isso pode resultar em tempo perdido no começo da prova e uma correria desesperadora no final, até mesmo com chutes cegos pela falta de tempo. Isso acontece e é muito desagradável!

A principal causa disso é ficar preso em algumas questões. Elas podem ser difíceis, de resolução demorada ou podem ser simplesmente objeto do seu orgulho após meses de estudo (rs). O fato é que você tem uma média de 3 minutos por questão (em provas de múltipla escolha) e não dá pra ficar 10min parado numa questão só.

A solução é “passear pela prova”. Essa expressão foi cunhada pelo Alexandre Meirelles alguns anos atrás. Isso significa passar várias vezes por todas as questões. Ele sugere inclusive dar uma folheada na prova com calma antes de começar a resolução. Particularmente, não gosto muito disso porque acho que olhar superficialmente alguns enunciados e dar de cara com assuntos que você nunca viu pode elevar seu nível de stress e ansiedade. Por isso, prefiro fazer algo diferente. Aqui estão alguns passos sobre como fazer prova de concurso com inteligência e sem perder tempo:

Não comece por Português. A interpretação de textos requer tranquilidade e concentração. No começo, é exatamente o que não temos. Sem concentração, você lerá o texto e os enunciados 5 vezes antes de conseguir responder. O resultado disso é o problema que citei acima: ficar preso em uma questão. Perder 20 minutos para fazer 2 questões de português no início da prova pode ser fatal.
Comece por matérias que você domina bem e que sejam facilitadoras de concentração. Exatas, por exemplo, me ajudavam a ganhar concentração rapidamente. Isso pode ser verdade também para Direitos. Varia de pessoa para pessoa. O ideal é que sejam questões do tipo “lê e responde”, sem ficar “viajando” muito.
Sempre que não souber uma resposta, circule a questão e siga adiante. Essa é a dica mais importante. Você tem que ter em mente que responder as questões fáceis e médias é fundamental. Tem que garantir esses pontos. Circule as difíceis que você não souber e deixe para voltar nelas depois, quando passar pela prova inteira. Se der tempo, você vai reanalisar essas questões. Se não der, terá garantido pontos importantes.
Em provas de múltipla escolha, faça uma pré-análise. Se imediatamente souber que alguma alternativa está errada, sinalize isso de alguma forma, marque um F na frente da alternativa, por exemplo. A vantagem disso é que, se não der tempo de fazer todas as questões, você poderá “chutar” a resposta com chances maior de acerto, pois já terá eliminado uma ou duas alternativas incorretas. Isso também economiza tempo na hora de voltar às questões difíceis, pois não vai reler aquelas com o F na frente.

Fazer prova requer experiência (simulados!). Faça as provas que puder, mesmo não estudando para elas. O controle emocional necessário virá, mas é necessário praticar. Só assim você vai encarar uma prova de forma natural e se sentir à vontade.

Se você vai dar os primeiros passos no mundo dos concursos agora, sugiro que leia minha página sobre Como Começar. Se já tem experiência, aproveite para analisar os diversos aspectos que podem te levar à aprovação pelos links abaixo.