Skip to main content

Ansiedade ao estudar? Essas podem ser as causas

Por 06/12/2021dezembro 9th, 2021Dicas, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Ansiedade pode prejudicar muito a sua preparação e o seu desempenho nos concursos. Nesse vídeo, eu falo sobre as causas mais comuns da ansiedade nos estudos e dou dicas de como lidar com ela.

 

Comecemos pela Taís. “Final de ano o ritmo dos estudos desacelerou”. Acontece.

 

E você deve identificar a realidade da sua condição. Você poderá estudar igual? Não. Então qual será a realidade? Porque o que gera essa angústia em nós, isso que incomoda, é ter uma expectativa e se frustrar.

Os problemas são sempre as expectativas. Então, se calibrar a sua expectativa adequadamente, conseguirá lidar um pouco melhor com esse fim de ano. “Diogo, realmente terei que reduzir a minha carga horária para X”.

Então essa será a nova carga horária. Siga essa. E dessa forma você não se frustrará. Wagner disse: “Muita ansiedade”. Ela tem várias causas, inclusive fisiológicas. Às vezes não é algo psicológico, mas fisiológico.

O seu corpo é desenhado para você ficar ansioso. Ansiedade, de uma forma geral, é medo do desconhecido. Ocorre quando você se preocupa com algo que está fora do seu controle, ou que não sabe exatamente como se desenrolará.

 

Se você se põe a pensar naquilo demais, gera ansiedade.

 

“Será que eu vou passar? Eu estou bem, mas fulano está melhor. Mas será que dará tempo de ler tudo? Eu acho que sim, mas não tenho certeza. Meu percentual de acerto está bom? Eu acho que sim, mas algumas pessoas estão melhores”.

São vários pensamentos que não levam a conclusão alguma. Não existe uma linha de raciocínio possível que resolverá essa dúvida. E essas dúvidas existem na cabeça de todo mundo.

A diferença é: se ficar pensando nisso demais tentando chegar a alguma conclusão, ficará ansioso. Você sofre de ansiedade porque não há conclusão a se chegar. Então qual é a diferença entre a pessoa ansiosa e a não ansiosa? As duas têm as mesmas dúvidas.

A diferença é a ansiosa estar pensando mais naquilo, de forma infrutífera, porque não há o que concluir. Algumas pessoas conseguem controlar os pensamentos, outras não. As que não conseguem de forma nenhuma, seguindo qualquer técnica, provavelmente sofrem de uma ansiedade de causas fisiológicas.

Alguma coisa hormonal, uma reação a algum alimento, alguma coisa assim. Eu sei porque sou ansioso, sempre fui. E aquelas que conseguem lidar com isso melhor são naturalmente não ansiosas. Existem coisas que você pode fazer para reduzir a sua ansiedade.

Dormir bem é uma delas. Quando está mais descansado as coisas ficam mais tranquilas – seu pensamento fica mais sob controle. Se falamos da ansiedade que é fruto de pensamentos em excesso, tudo aquilo que te estimula faz mal e atrapalha.

Eu conheço pessoas que são ainda mais ansiosas do que eu e elas não tomam café. “Não posso tomar café, se não a coisa não fica legal”. Tenho alguns amigos assim, que identificaram: “sou ansioso, logo, não posso tomar café”.

 

O café estimula, acelera os pensamentos.

 

E se você tem pensamentos incontroláveis, não vai querer pisar no acelerador.  Exercícios de respiração ajudam a regular o seu ritmo. Da mesma forma que fica ansioso e ofegante, quando controla a respiração seu corpo entende que é um momento de calma.

Uma coisa leva à outra. Você fica ansioso e tem uma respiração. Se piorar a respiração, ficará mais ansioso. Mas se melhorar a respiração, ficará menos ansioso. Entendido com relação a ansiedade? Podemos tentar algumas coisas para controlar. Mas se mesmo com essas ainda não conseguir, pode haver uma causa somática, algo mais fisiológico.

Às vezes você precisará fazer uma terapia para alcançar a causa disso. E você mudará a sua fisiologia – o seu corpo – por meio da terapia. E às vezes precisará tomar remédio. Só o profissional saberá te dizer.

 

 

SAIBA MAIS:

Quando você não se sente pronto para revisar via questões. Ler a teoria 2 vezes faz mal mesmo?

Estudo mostra a MELHOR forma de revisar MATEMÁTICA

2 técnicas para melhor memorização nos estudos

Conheça o meu Programa de Coaching: CLIQUE AQUI

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

 

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?