Skip to main content

Para ser APROVADO não basta estudar.

Por 04/08/2021agosto 5th, 2021Dicas, Notícias, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Para ser aprovado em concurso público não basta saber as melhores técnicas de estudo. Se fosse só isso, todo mundo seria aprovado, ou então todo mundo ficaria muito bem em termos de nota – empatado lá em cima junto com o primeiro.

 

Há outras coisas envolvidas no processo de estudar para concurso, e eu vou te dizer quais são elas.

 

Técnica de estudo é importante. Pode ser a diferença entre você utilizar bem o seu tempo ou não. Demorar um ano para ser aprovado ao invés de dois. Faz muita diferença e é por isso que eu ensino técnica de estudo aqui no YouTube, no Instagram, no coaching, onde quer que seja.

Mas não é apenas a técnica de estudo que fará você ser aprovado. Não é saber como revisar, não é saber fazer ciclo de estudos. Existem outras coisas envolvidas na performance dos seus estudos. Eu gosto de fazer uma comparação do estudo para concurso como uma maratona. Fazemos isso com frequência, não só eu, mas várias pessoas.

Por quê? É uma preparação de longo prazo, é algo que você desenvolve aos poucos, você vai crescendo, vai melhorando. E primeiro deve ter esta mentalidade de que vai melhorar aos poucos. Quando falamos de uma maratona é óbvio para todo mundo que você não vai sair correndo 42km no primeiro dia.

Mas quando falamos de estudar algumas pessoas acham que irão estudar oito horas já na primeira semana – oito horas por dia. Não funciona assim. É um processo de evolução. Provavelmente você está estudando há algum tempo, e sentiu que chegou no seu limite. Só que é o limite que você não admite.

Você fala “Ah, eu estou fazendo quatro horas líquidas por dia, mas sei que conseguiria fazer seis. Mas quatro é o que dá agora. Está bom” E você sabe que conseguiria fazer mais. O que te impede de estudar mais horas por dia? São outros aspectos e não é só a técnica de estudo.

 

Organização pessoal é um deles.

 

O seu desenvolvimento pessoal. É por isso que aqui no meu canal no YouTube ensino tanta coisa sobre desenvolvimento pessoal, relativo a alimentação, atividade física, e tudo o mais. Por que essas coisas todas influenciarão na sua preparação.

Recentemente recebi um e-mail de um aluno do coaching falando “Professor, estava sumida pois estava colocando minha vida em dia, mas queria te dar um feedback. Eu fui no endócrino e na nutricionista; mudei minha alimentação radicalmente.

Comecei a fazer atividade física três vezes por semana – atividade aeróbica – e estou rendendo muito mais nos estudos. Minha concentração está muito melhor, aguento ficar sentada na cadeira mais tempo. Muito obrigada por essas dicas”.

Foi basicamente isso que ela falou. E no meu coaching, ou no meu programa Acelerador de Estudos ensino essas coisas também. Não é só sentar na cadeira e achar que vai render muito, de repente, desde o início. Esta comparação do concursando como um atleta de alta performance faz todo sentido. Ela é necessária. 

É preciso que vocês entendam que: se você quer fazer uma coisa extraordinária – que é conseguir aprovação no concurso público – deve dar um input extraordinário. Você deve fazer uma coisa diferente, uma coisa extraordinária para conseguir este resultado.

A atividade física, por exemplo, interferirá diretamente na sua disposição para começar a estudar – na hora, por exemplo. Também na sua capacidade de ficar sentado muito tempo na cadeira. Seus músculos, seu tônus muscular. Isso depende dessa parte de atividade física também. À disposição, como eu falei, e também tem que circular o sangue pelo seu corpo.

O cérebro é responsável pelo consumo de 20% da glicose, da energia do seu corpo. 20% é só o cérebro. Ele tem que receber nutrientes, tem que receber sangue novo através de uma boa circulação. Para fazer isso, qual é a melhor atividade que você pode fazer? É atividade física.

 

Não é Sudoku, não é palavras cruzadas. É atividade física.

 

Melhorando a sua circulação sanguínea você melhora também a capacidade do seu cérebro funcionar. Você nem imaginava isso provavelmente. Então saiba: a atividade física fará você se sentir melhor, aguentar ficar mais tempo sentado, e fará o seu cérebro funcionar melhor.

Outra consequência de uma atividade física constante é a regulação do sono. Você dorme melhor. Aquele cansaço mental e físico de passar o dia no escritório não relaxa. O que relaxa é uma atividade física vigorosa. Uma caminhada rigorosa, uma corrida, uma musculação feita em um ritmo mais forte. Tudo isso favorecerá a máquina de estudo que você é.

Junto à atividade física temos a alimentação. É pelo mesmo princípio, é a mesma ideia. Dependendo do que você come de manhã, terá mais disposição ou não durante o dia. Dependendo do que você come na hora do almoço, sentirá mais sono depois do almoço ou não. Dependendo do que você come antes de dormir, dormirá bem ou mal.

Não é besteira. Você deve melhorar a sua alimentação se quiser ter um desempenho constante. Não pode ter altos e baixos de ingestão de açúcar, de ingestão de café. Essas coisas farão você ter um pico de disposição, de vontade, e depois uma queda brusca de disposição e de capacidade de se concentrar.

O ideal para o concurseiro – especialmente aquele que estuda o dia inteiro – é manter o ritmo mais ou menos constante de disposição física e mental para poder render bem o dia inteiro. E para fazer isso deve se alimentar bem. Uma alimentação de manhã que não tenha quase nenhum açúcar, por exemplo; para fazer com que você tenha uma digestão mais lenta e mais constante no decorrer da manhã.

 

O que seria o contrário?

 

Ingerir muito açúcar de manhã, e no meio da manhã estar morrendo de fome – mas não vai comer pois está no meio da manhã ainda – aí chega na hora do almoço bate aquele pratão. Inclusive com coisas gordurosas e de digestão difícil. Bate um pratão e o que acontece depois do almoço? Muito sono. Aí seu estudo não rende. Fica nesse alto e baixo o dia inteiro.

Então lanches mais frequentes, uma alimentação mais ponderada, preferencialmente com o acompanhamento de um nutricionista, um profissional. Isso fará com que você tenha bom rendimento durante o dia.

E o café é aquela coisa: eu falo mal do café aqui no canal. Eu mesmo bebo café, mas não estudo mais para concurso. Muitas pessoas falam “Eu não aguento, não viveria sem” Beleza. Só que é o seguinte: o café é um sintoma. Ele está te indicando que você precisa de uma mudança na sua rotina – a verdade é essa.

Se você dormisse bem, se alimentasse bem – de forma correta – praticasse atividade física, não precisaria do café para te acordar, para te dar disposição, para te deixar esperto.

“Ah Diogo, eu faço tudo isso e ainda sim preciso” Pode ser uma questão hormonal. Seu corpo está dizendo que está numa situação que precisa de ajuda. Ele precisa de alguma coisa diferente para melhorar.

 

Então se você precisa muito do café significa que alguma coisa está errada.

 

Mas enfim, não direi aqui “Não beba café” O café até faz bem. O meu problema que enxergo com relação ao café é o alto e baixo de disposição que você terá durante o dia. Isso fará mal para os seus estudos.

Reduza. Consuma só um pouquinho. Tente manter um ritmo legal durante todo o dia da sua preparação. A saúde mental também é muito importante. Se você está morrendo de ansiedade e preocupação, isso afeta o seu estudo.

Eu sempre digo para os meus alunos do coaching que o estudo para concurso é muito sensível. Qualquer mudança pessoal, familiar, qualquer coisa que aconteça e que te tire da rotina afeta muito o estudo. Não só pelo tempo que tomou, mas pelas reverberações daquilo nos próximos dias e nas próximas semanas. 

Deve-se cuidar da rotina. Deve-se tentar evitar esses imprevistos. E a saúde mental é parte disso. Se você estiver com muita preocupação – se preocupando com as coisas erradas principalmente – aumentará o seu nível de ansiedade. E não adianta, o que você faz hoje é o que você faz todo dia. Se você está buscando preocupação, se está buscando dor de cabeça, isso vai acontecer também nos seus estudos.

“Ah Diogo, mas eu preciso saber da política. Se o presidente cai ou não cai” Beleza, isso gerará ansiedade em você, gerará uma preocupação. E este estado de ansiedade e preocupação acontecerá em outros aspectos da sua vida também.

Você não consegue ser uma maquininha que só olha notícia ruim e depois estuda numa maravilha, sem preocupação. Sem estar pensando na prova, no edital que virá, qual será a banca, qual será a data. Não é assim.

 

Ou você faz tudo certo ou você fará tudo mais ou menos errado.

 

Então filtre o que você consome nas mídias sociais – com relação às notícias também – porque tudo isso mudará o seu estado, seu estado mental. Vários estudos já mostraram que, por exemplo, você acordar e pegar o celular assim que acorda já dá uma destrambelhada no seu estado mental.

Você já entra no estado de alerta, de preocupação e de ansiedade. Muito maior do que se você acordar e não olhar o celular; fizer outra coisa, meditar, escrever, enfim, tomar um café da manhã tranquilo pensando na vida. Veja só, são duas situações bastante diferentes e elas reverberarão pelo resto do seu dia.

Então se você estuda para concurso há algum tempo e encontra dificuldade em superar os seus limites – ganhar mais concentração, estudar mais horas por dia, procrastinar menos – provavelmente são esses outros aspectos que estão te atrapalhando.

Provavelmente se você melhorar atividade física, alimentação, o sono, e a sua saúde mental, renderá mais nos estudos. Conseguirá superar limites que você encontra hoje – mesmo com as melhores técnicas de estudo.

Um grande abraço e até a próxima.

 

SAIBA MAIS:

Concurso de Auditor da Sefaz-AL – Dicas de preparação! (AFRE Sefaz-AL)

Concurso da CGU autorizado! Análise do último edital e dicas de preparação!

Concurso TJ-SP 2021! Dicas de preparação e análise do edital!

Quer aprender a estudar? Entre para a Comunidade Estudo Completo

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?