A Reforma Administrativa e o CONCURSEIRO

Por 04/09/2020 setembro 6th, 2020 Dicas, Notícias, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Reforma Administrativa: a possibilidade desse negócio não ir para frente é grande. E as chances dele ser completamente modificado são enormes. 

 

Reforma Administrativa.

 

Está tendo todo um “auê”, uma preocupação com a Reforma Administrativa porque ela foi apresentada nesse formato, ou seja, com poucos pontos, com poucos detalhes e ela quase não foi apresentada (atrasaram meses para apresentar).

O tema é altamente polêmico. Quem está querendo fazer isso é o Presidente da República. Ele é o interessado e está bancando essas modificações no serviço público. Para ir para frente, terá que passar pelo Legislativo.

O Legislativo é uma casa que o Presidente não domina, ele não tem uma ligação muito boa com o Legislativo. O Rodrigo Maia fala isso ou aquilo, mas o Rodrigo Maia quer ser Presidente da República também. Se ele ajudar em alguma cosa vai ser para tentar pegar os louros para ele.

Quando o Presidente faz essa proposta é como se ele estivesse fazendo uma negociação. Ele encontrou um apartamento que está anunciado por R$ 120.000,00 e fala com o vendedor que paga R$ 90.000,00, o vendedor diz que não vende por menos de R$ 110.000,00, e eles fecham por R$ 100.000,00.

 

Isso é com diversas coisas na vida.

 

Na política é assim que funciona, ela é feita dessa forma. Negociação é assim, abre mão um pouco aqui, abre a mão um pouco ali e a coisa vai andando sem muito alarde e modificações drásticas do que está acontecendo.

A política brasileira funciona assim. Então, o Presidente já apresenta uma proposta com diversas coisas que ele sabe que não vão passar, ele está negociando, ele está apresentado exageros, coisas mais fortes para depois falar: Olha, abri mão disso aqui. Sempre a negociação é feita dessa forma.

Outro problema é o seguinte: o Presidente da República, o Chefe do Executivo Federal, que é quem está bancando essas mudanças não está convicto de que as quer. Lembrem! Independente de quem você votou, independente do seu lado se é esquerda ou direita, o Bolsonaro nunca foi liberal, nunca foi de direita.

Bolsonaro vestiu uma camisa para ser eleito e estamos vendo se ele faz ou não faz, mas ele não nasceu aquele sujeito de direita. O liberal da equipe dele é o Guedes e quem quer muito essa reforma é o Guedes. E quem está mais atrapalhando o Guedes a implantar essa Reforma Administrativa é o Bolsonaro.

O Presidente da República não quer exatamente essa Reforma Administrativa desse jeito. Ele atrasou, desidrataram a proposta, o secretário anterior pediu exoneração porque estava demorando demais, não estava indo para frente.

O Bolsonaro não quer isso com muita força, ele não quer isso como a coisa mais importante da vida dele. “Bolsonaro esvaziou Reforma Administrativa por causa das eleições – Segundo Auxiliar, decisão de reduzir proposta de Guedes foi do Presidente” (Jornalismo UOL). O Presidente não banca essa proposta de Reforma Administrativa.

Imagine se o Bolsonaro, sem o respaldo político que tem há algum tempo, quisesse muito essa Reforma, ou seja, sem um jogo político muito bom dentro do Legislativo ele não iria emplacar isso muito bem. O Bolsonaro não quer, ele não quer com todas as forças dele que isso passe para frente, que isso vá adiante da forma como está.

Além disso, o Bolsonaro ganhou um pouquinho de força política nos últimos meses quando se aliou ao centrão.

Não vou discutir e detesto falar de política em local público como no meu canal ou com qualquer coisa que falo na internet porque as pessoas viram selvagens.

“Reforma Administrativa sofre recortes a pedido de servidores e de políticos do centrão – Na reta final, parlamentares convenceram Paulo Guedes (Economia) a retirar mais dois pontos do texto” (Jornalismo UOL).

 

O centrão não quer muito essa Reforma Administrativa.

 

Essa Reforma Administrativa é extremamente custosa politicamente, é cara, vai gerar muitos inimigos, muitas farpas, vai ter briga, o governo vai perder alguns aliados, vai ganhar alguns adversários com mais força.

É desgastante e vai atrapalhar as próximas eleições para prefeitura (já estão falando que o Bolsonaro está de olho nessas eleições e foi por isso que ele desidratou a Reforma). É difícil emplacar ou implementar isso.

Teria que ter um Presidente da República muito convicto do que ele quer, com uma agenda muito bem definida, com força política para olhar para o Brasil e falar: isso aqui é o melhor para o Brasil, vou fazer custe o que custar. Não é o caso.

Todo esse auê, tudo o que está sendo falado está sendo falado como se a Reforma Administrativa já estivesse aprovada. “Ah, apresentaram e é dessa forma que vai acontecer!” A gente está muito longe disso. O que o concurseiro pode fazer?

 

Ele pode fazer três coisas.

 

A primeira, é assinar a petição online mostrando que você é contra, que mexer com estabilidade, salário é ruim etc. Essa é uma coisa que o concurseiro pode fazer.

A segunda, é entrar em contato com os parlamentares do seu Estado. Há uma lista dos parlamentares que estão na frente pela defesa do serviço públicoVocê pode dizer: eu votei em você e sou contra essa Reforma Administrativa. Mande um monte de e-mail, você pode tentar influenciar os parlamentares dessa forma (tenho minhas dúvidas quanto à eficácia disso, mas é algo que você pode tentar).

A terceira, é estudar. É nessa tecla que venho batendo há muito tempo. A Reforma Administrativa foi assunto da pauta do começo do ano de 2020, na verdade, já vinha desde o final de 2019. Foi adiada diversas vezes e já estamos em setembro de 2020 (enquanto estamos fazendo esse vídeo).

 

Um ano e nada de proposta.

 

Se você está sofrendo desde o início, você sofreu à toa, atrapalhou seus estudos à toa. E quando falo isso não é descaso com a Reforma Administrativa e muito menos porque minha vida está garantida. Se você reduz o salário inicial, o próximo passo é o congelamento do salário.

Eu nunca mais vou ter aumento como servidor público. Isso é fato. É ruim para mim também. Você está estudando para concurso e se tem uma coisa que você tem que sentir agora é pressa para poder passar logo, vai que esse negócio muda alguma coisa, então passe com as regras atuais.

Mas, uma pressa saudável, uma pressa que te faça estudar, que te faça não procrastinar. Não adianta ficar lendo notícia atrás de notícia porque não vai resolver sua vida, só vai gerar angústia, desmotivação.

Eu estava aqui no Youtube mais de dois anos atrás quando surgiu a notícia de que o Temer estava querendo implementar o salário inicial de R$ 5.000,00. Mais de dois anos atrás e teve uma chuva de gente dizendo: não vale mais a pena, o esforço está sendo em vão, não vou continuar estudando para ganhar R$ 5.000,00 como Analista da Receita Federal.

 

Nada mudou nesse tempo.

 

Eu não estou falando com a sociedade ou com os políticos, mas com meus alunos, com os concurseiros. O que você pode fazer principalmente é estudar. Se a Reforma Administrativa passar do jeito que eles queriam desde o início, ainda assim o serviço público seria mais atrativo do que a iniciativa privada.

Ainda vai ter vários cargos com estabilidade (supondo o pior cenário), já falaram que o inicial para Auditor da Receita Federal seria R$ 7.500,00 (continua sendo um salário bom para a maioria da população), continua com o salário final de aproximadamente R$ 30.000,00.

O jogo muda, as regras mudam, mas não vai ser pior do que a iniciativa privada, nem tão cedo. A não ser que você esteja muito angustiado (a) porque não sabe se atualiza o seu currículo ou não, o que você tem que fazer é continuar estudando.

Iniciativa privada não vai ser melhor, o mercado privado não está bom, não está aquecido e você não tem outra opção a não ser estudar. Não vale a pena esquentar a cabeça com Reforma Administrativa agora. Vote na petição, mande e-mail para os parlamentares e esqueça isso. Volte a estudar!

 

SAIBA MAIS:

Ao vivo – Discursivas para concursos – com o Prof. Sergio Varella

Faça revisões ATIVAS para memorizar melhor!

SOLIDÃO ao estudar para concursos

Quer aprender a estudar? Entre para a Comunidade Estudo Completo

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário