Skip to main content

Acordar às 5h depende da alimentação

Por 09/09/2018janeiro 19th, 2019Dicas, Videos

Olá, meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos!

 

O que a alimentação tem a ver com a produtividade nos estudos?

 

Há alguns meses eu conversei com a doutora Fernanda Drummond, nutricionista com doutorado em alimentação e nutrição e concursada, inclusive gravamos um vídeo. Foi um papo bastante interessante, foi muito legal aprender sobre como a alimentação influencia nos estudos.

Nós falamos sobre suplementação, controle de ansiedade e de lá pra cá eu venho praticando uma alimentação muito melhor. Quero compartilhar aqui sobre como essa mudança na minha alimentação permitiu que eu conseguisse acordar mais cedo e render no meu dia-a-dia, aumentar mais a minha produtividade.

Eu tive um “empecilho” sério que me impedia de acordar cedo. Sempre fui de acordar muito tarde ter muita preguiça e mau humor matinal eu sempre falei com os meus amigos: “Cara, é uma coisa sobrenatural não consigo sair da cama. Não é falta de força de vontade não, não é só físico não! Meu corpo simplesmente não levanta da cama, naquele momento eu me convenço de que não tem nada mais importante do que voltar a dormir.”.

 

Eu descobri recentemente, por acaso, fazendo um exame “nada a ver” (exame genético lá dos Estados Unidos) que eu tenho intolerância ao glúten!

 

Pois bem, resolvi com 34 anos de idade tirar o glúten da minha alimentação e o resultado disso foi que eu passei a ter mais disposição, menos cansaço especialmente no final da tarde e menos impaciência, que sempre foi característica minha.

Dessa forma eu passei a conseguir acordar mais cedo com mais naturalidade e a mudança foi brutal! Quem me segue aqui no YouTube e no Instagram sabe que eu tenho acordado às 5h da manhã há quase um mês e isso não teria sido possível se eu não tivesse cortado glúten.

Tanto eu tenho certeza disso que eu andei comendo glúten, sem saber, por dois dias seguidos (provavelmente de um açaí que eu comprei na cantina da escola do meu filho) e aí de repente eu não conseguia levantar! Perdi a hora, tive muita dificuldade.

Acordei atrasado e durante o dia eu tive aqueles sintomas que eu citei: falta de disposição, cansaço no final da tarde, sono muito forte no início da noite e aí eu me dei conta de que podia ser isso. Parei de tomar o delicioso açaí e voltei a conseguir acordar cedo com tranquilidade.

Então, se você tem um sono absurdo, uma coisa descomunal, se você não está conseguindo entrar para o clube das cinco da manhã de jeito nenhum, alguma coisa na sua alimentação pode estar atrapalhando.

 

Claro, pode ser algum outro aspecto clínico, alguma disfunção, algum distúrbio que você tem e é importante averiguar isso aí, ok?

 

As pessoas “normais” conseguem acordar cedo e se você não consegue de jeito nenhum você “não é normal” rs. Ou, pelo menos não está normal. Pode ser que você tenha algum problema assim como eu tinha e, como recentemente estou estudando muito sobre produtividade e alto desenvolvimento, tenho prestado atenção em muitas coisas da minha rotina.

A mudança da minha alimentação tem impactado significativamente o meu dia a dia e tenho notado que nos dias em que me alimento mal, tenho um cansaço maior, pouca disposição, dificuldade de dormir bem.

Quando deito para dormir com um pouco de fome, por exemplo, sinto diferença de quando como aquele jantar muito pesado que atrapalha o meu sono e para acordar mais cedo.

O fato é que acordar às 5h da manhã pra mim hoje está fácil e isso é uma coisa que era “impensável” na minha vida. Eu nunca tinha visto o sol nascer não fosse voltando da balada.

São essas pequenas mudanças que fazem diferença no dia a dia e que ajudam ou atrapalham. Ninguém nasce sabendo se alimentar, então você pode buscar informações, procurar um nutricionista, como eu fiz e transformar a sua vida.

 

Para quem não tem tempo ou está sem grana para fazer um acompanhamento com nutricionista eu me juntei com a Fernanda, gravei um vídeo e desenvolvemos um e-book!

 

A Fernanda tem doutorado no assunto e é concursada, inclusive ficou em primeiro lugar no concurso que ela fez. Ela escreveu o e-book e eu supervisionei, ficou incrível!

Ele é sobre alimentação para quem está estudando e ela fala também de outras coisas bem interessantes como suplementação para dar mais disposição no dia-a-dia, suplementação contra ansiedade (normal de quem está estudando).

Esse conteúdo vai fazer uma grande diferença na sua vida se você seguir o que a Fernanda orienta, ficou muito bom, assinei em baixo.

Coloquei um link para o e-book no final deste post!

 

A alimentação influencia muito na disposição física, inclusive pra fazer exercícios físicos.

 

Eu estava há algum tempo sem praticar muito esporte e eu senti que determinados alimentos me ajudavam a aguentar mais o esporte outros alimentos me faziam mal.

Por exemplo tomar uma Coca-Cola antes de ir pro futebol fazia com que eu não rendesse no jogo. Então, eu tento evitar esses alimentos ao extremo.

Esses picos de açúcar (glicemia) no sangue dão aquela “disposição” e “energia” e depois vem o efeito rebote, onde você sente aquele cansaço, desânimo, vontade de tomar outra Coca-Cola…

Se você tem que estudar o dia inteiro, se você é um concurseiro, todos os dias têm que ser iguais no rendimento. Então, você tem que evitar esses picos de glicemia.

E aí vem uma outra coisa que você deve evitar quando você alcança um certo nível de equilíbrio fisiológico, que é o café!

A maioria das pessoas bebem café. O café é nosso amigo, porém, ele apresenta um efeito rebote. Há momentos em que eu preciso dele, às vezes eu estou um pouco desanimado para gravar um vídeo e tomo um café, mas depois vem aquele efeito rebote, aquele cansaço, aquela baixa energia.

Então se você está estudando, você não pode se dar esse luxo.

 

“Diogo, não tem como! Eu não vou conseguir estudar nunca mais sem café.”

 

Tente fazer um “detox”. Elimine o café aos poucos da sua vida, porém, antes melhore a sua alimentação, faça conforme está no e-book, faça exercícios físicos regularmente e você vai ver que o equilíbrio na sua vida vai vindo naturalmente.

Hoje eu já não sinto necessidade de tomar café como sempre sentia. Tomo porque é gostoso, porque o efeito rebote não acaba com o meu dia. Quando estudava e tomava café, lembro que depois vinha um sono pesado. Então, o café te ajuda numa ponta e te atrapalha na outra.

Outra coisa que ajuda a eliminar o café é identificar os seus “horários nobres” aqueles horários em que você rende mais naturalmente e aqueles horários em que você rende menos.

Aproveite esses horários que você rende mais para estudar mais para estudar uma matéria que requer mais concentração. Organize o seu dia de forma que você não fique “brigando” contra o seu organismo.

Se você sente mais sono de manhã, tome café porque estudar pela manhã é bom pra caramba. Mas, se você sente sono depois do almoço, tente estudar matérias novas (teoria) pela manhã e deixe para depois do almoço uma coisa mais leve, como a resolução de questões.

Nunca tome café após as 18 horas, por que isso vai te atrapalhar dormir.

Essas dicas são coisas que você tem que buscar para ter um equilíbrio, mas, como eu falei, tudo é um sistema. Não adianta você se alimentar mal, não fazer exercício físico e achar que vai tirar o café da sua vida só pela “força do pensamento”. Não!

Todos esses pontos que falei devem ser levados em consideração para ter um alto rendimento dia após dia de forma disciplinada, como um aprovado faz.

 

No meu Instagram, todos os dias eu recebo Stories das pessoas que estão postando o horário que elas acordam e estou publicando no meu Stories. A coisa está desenvolvendo, está disseminando, está muito legal!

 

Eu posto também todo dia o horário em que eu levanto. Me siga no Instagram (@profdiogomoreira), se você não me segue ainda, e se você está acordando cedo, compartilhe comigo para eu compartilhar no meu Stories.

Está virando uma legião! Tem muita gente e os feedbacks são muito legais de quem está conseguindo acordar às 5h horas da manhã.

Há pessoas que estão estudando duas ou três horas antes de ir para o trabalho. Estão encantadas falando que é outro rendimento que estão conseguindo render muito mais e estão conseguindo estudar mais horas por dia.

Por já ter adiantado o estudo pela manhã cedo, à noite, quando tem a novelinha, jantar com a família, filho em casa ou alguma coisa assim, como já estudaram, podem se organizar, diminuir o ritmo do corpo para poder ter um sono mais cedo deitar mais cedo e assim dormir e conseguiu no dia seguinte acordar bem cedo e estudar em alta qualidade novamente.

Se você conhece alguém que se alimenta muito mal e precisa de um “norte” para poder render um pouco mais, compartilhe esse post com essa pessoa. Vamos fazer uma corrente do bem!

 

E-book “Sem sono, sem Cansaço” 

 

Se você está estudando para concursos, vestibulares ou ENEM, elaborei esse ebook especial que trata sobre os melhores alimentos e suplementos para turbinar o seu desempenho cognitivo e auxiliar na solução de problemas com sonolência excessiva e cansaço crônico. Excelente material para ajudar na melhoria do seu rendimento nos estudos.

Clique abaixo para conferir!

 

Alimentação para estudar melhor

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

 

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

 

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS

 

ALIMENTAÇÃO NA HORA DA PROVA: O QUE COMER NA VÉSPERA E DURANTE A REALIZAÇÃO?

SONO, ALIMENTAÇÃO E SUPLEMENTOS: DICAS PARA AUMENTAR O SEU DESEMPENHO NOS ESTUDOS

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas postagens.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos.

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?