Ansiedade e medo

Por 27/07/2020 julho 29th, 2020 Dicas, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Ansiedade e medo. Por que os dois andam de mãos dadas? Por que muitas vezes você pode confundir medo e ansiedade? O que é esse sentimento de ansiedade, como vencê-lo, de onde ele surge e o que você pode fazer para dominar esse medo? Saiba agora.

 

A ansiedade é uma das grandes vilãs de quem estuda para concursos.

 

Especialmente na hora da prova o que pode arruinar meses e meses de preparação. A ansiedade bate no dia a dia do concurseiro, são sempre muitas variáveis, existem muitas incertezas: se está estudando da forma correta, se está alcançando níveis de acertos, velocidade de leitura que são interessantes ou não etc.

Tudo isso faz com que o concurseiro “pise em ovos”, ele não sabe se está fazendo a coisa certa, se está na direção certa, se está evoluindo, se está perdendo tempo, se vai dar certo ou não. Enfim, são sempre muitas dúvidas que surgem e se mantêm na cabeça dos concurseiros e estudantes de uma forma geral.

Sobre esse tema, já vi mais de uma vez um TED Talk do Tim Ferriss, autor do livro “Trabalhe quatro horas por semana” e de outros best-sellersEsse TED Talk é bem interessante porque ele fala de um momento em que ele vivia uma crise de ansiedade e de depressão muito grande. 

Foi logo após a faculdade e ele chegou a pensar em cometer suicídio. Ele conta como ele fez para dar a volta por cima, para reduzir drasticamente a quantidade de vezes em que ele se via naquela situação de estar completamente perdido na vida e de achar que nada iria dar em lugar nenhum, além de pensar em tirar a própria vida. O título desse TED Talk é “Porque você deve definir seus medos em vez de suas metas?” 

 

Quando se fala em ansiedade, tratar do medo tem tudo a ver.

 

A ansiedade vem principalmente do medo do desconhecido. É quando a sua linha de raciocínio não fecha, você não tem uma ideia, pesa as consequências e vê qual será o resultado. Você tem uma ideia, não sabe o resultado, não sabe se alcança, se a ideia está boa ou não, no que vai dar.

É um looping infinitoe seu cérebro fica naquela situação em que ele não sabe exatamente se vai dar certo ou não, quais são os problemas, as dificuldades e o que fazer. Você não sai dessa situação. Isso alimenta a ansiedade dentro de você.

Mas, tudo bem. Ninguém sabe exatamente no que que vai dar, seja uma empresa que você criou, seja um estudo para concursos. A gente nunca sabe exatamente no que vai dar. Por que algumas pessoas têm uma crise com relação a isso? Por que a ansiedade é tão forte nelas e ficam presas nesse looping mental?

Mesmo que você não saiba qual será o resultado, existem diferentes e possíveis cenários que podem resultar dessa situação. E é isso que o Tim Ferriss fala no vídeo, você deve definir seus medos em vez de suas metas.

 

Porque quando você define o medo, ele traz três partes do que você deve fazer.

 

Primeira parte: defina o medo. Qual o medo que você está sentindo nesse momento? “Eu tenho medo de não passar na prova de Agente da PCDF”

Segunda parte: prevenção. Como prevenir para que isso aconteça? Estudando de forma correta. Você pode detalhar um pouco mais: como estudo da forma correta? Faça algumas pesquisas no Youtube, siga meu canal (eu tenho um minicurso ensinando a como estudar para essa prova e várias outras).

Agora você tem um pouco mais detalhado o caminho que você tem que percorrer. Primeiro defina o medo, depois defina como prevenir (aprender a estudar e como se estuda para concursos através de livros, vídeos, cursos à disposição).

Terceira parte: pensar no pior cenário possível. E se aquilo que você tinha medo de acontecer acontecesse? O que vai acontecer na sua vida? Qual o cenário que você vai encontrar e o que pode ser feito para consertar.

Você não pode deixar o seu medo em um nível de completo desconhecimento porque isso alimenta a ansiedade. A ansiedade é o medo do desconhecido. “Nesse caso, estou estudando para a prova de Agente da PCDF. E se eu não passar nessa prova? Eu estudei, fiz o concurso e não fui aprovado. O que vai ser da minha vida?”

 

Imagine esse cenário. Imagine que você não passou.

 

Como você se sentiu? Como sua família ou as pessoas que estavam acompanhando sua preparação se sentiram? O que vai ser da sua vida? Não existe nenhum outro concurso que você pode tentar? Quais os outros concursos que devem vir depois?

Quais as matérias que você vai aproveitar para esses outros concursos? Se você estudou seis meses, você jogou seis meses no lixo ou você construiu uma base que vai permitir com que você estude para outras provas?

Quando você entra e imagina um pouco esse cenário pior possível, você começa a desmistificar, você traz à tona possíveis realidades e já começa a pensar com muita naturalidade no que pode ser feito a partir dali.

Aquele cenário que era antes completamente desconhecido, que você evitava pensar, que era uma negação na sua cabeça, se torna algo absolutamente natural. Não é o ideal, não é o que você quer, você não está planejando sua reprovação, mas ela deixa de ser aquele monstro escondido no armário, que você evita a todo custo, te incomoda e gera ansiedade.

É como se você tivesse um plano B. É como se você já soubesse o que fazer se der errado. Isso tira um pouco o peso da prova, nas decisões, nas ações e clareia o começo, meio e fim da situação para que você saia daquele looping infinito e que não sabe se está dando certo e o que vai acontecer. Você reduz a importância, deixa “baixar a poeira” e, dessa forma, reduz a sua ansiedade.

 

SAIBA MAIS:

FORÇA MENTAL não é intensidade ou motivação

Análise do edital de Agente PCDF 2020! Dicas de estudo!

Qual o percentual de acertos ideal pra quem tá começando a estudar pra concurso?

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário