Skip to main content

Como estudar muitas horas por dia? O estudo de alta performance

Por 18/10/2021outubro 20th, 2021Dicas, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso. O que precisamos fazer para estudar muitas horas todos os dia sem perder a qualidade e sem ficar cansados? Confira!

 

Como manter a concentração e a disposição em alta? 

 

Lúcio falou “iniciei o ciclo em 19 de julho, Analista (ATRFB), do dia 1 a 30 fiz quatro horas líquidas, do dia 31 a 60 cinco horas líquidas, do dia 61 a 90 seis horas líquidas. Deu um desânimo, estafa, não sei, é natural? Descanso aos domingos.”

Desânimo e estafa não são naturais. Preste atenção: você aumentou com uma velocidade boa para um pouquinho rápido, parabéns pela evolução. E se atente ao seguinte: a partir de agora está tentando ser um atleta de elite, um estudante de alta performance.

Alguém que estuda seis horas líquidas por dia é igual quem está tentando ir para as Olimpíadas, é igual quem está tentando jogar na seleção tal. Não é da mesma forma que fez até chegar em quatro ou cinco horas líquidas. Deve começar a se tratar como um sistema de elite, de alta performance.

O seu sono terá um impacto muito grande na qualidade do seu estudo e na sua disposição. Atividades físicas também. Atividade física aeróbica pelo menos três vezes por semana te ajudará a ter mais disposição, a dormir melhor, melhorará a circulação sanguínea – o que é bom para o funcionamento do cérebro.

A sua alimentação impactará o seu dia a dia – você está estudando praticamente o dia inteiro. Então se não alimentar-se de manhã, ficará com baixa energia de manhã. Se comer alguma coisa muito açucarada logo pela manhã – no café da manhã – terá um pico de glicemia, e o seu corpo produzirá muita insulina, tirará a glicose do sangue e terá aquela queda de glicemia. Significa uma fome desesperadora no meio da manhã.

 

E seu estudo não renderá.

 

Se você comer alguma coisa errada – muito pesada – na hora do almoço e não balancear bem esse, terá muito sono depois dele – que também ocorre se você não dormir bem à noite. Então essa é a hora que você começa a se tratar como um sistema que deve ser bem oleado para render bem o tempo todo, todos os dias. Essa é a meta.

Eu fiz seis horas líquidas por dia com tranquilidade. Eu conseguiria fazer seis horas e meia, mas sete horas eu ficaria cansado, então eu parei em seis. Todo dia eu terminava de estudar sabendo que aguentaria um pouquinho mais. Mas foi a forma que encontrei para levar isso a longo prazo, já considerava seis horas muito bom, era o suficiente.

Deve cuidar de todos esses aspectos. Tudo isso fará diferença no seu dia a dia. Você já está descansando aos domingos e isso é legal. Aproveite o domingo para não olhar para o material, não pensar nisso tudo.

Mais e mais cientistas e neurocientistas têm falado da importância da luz do sol assim que você acorda. Isso vale para todo mundo. Se você tiver a possibilidade, levante-se, saia da cama e dê uma caminhada. Escove os dentes se precisar pegar um elevador com o vizinho – pelo menos isso.

 

Deixe a roupa pronta e escolhida na noite anterior, deixe do lado da cama.

 

Você acordará, escovará os dentes, lavará o rosto, botará a roupa e sairá de casa. Irá caminhar em local aberto para pegar sol. O objetivo é pegar sol, então deve estar com o corpo mais exposto o possível para isso.

Cada vez mais vejo isso. Eu sigo alguns neurocientistas e pessoas dessa área e eles indicam muito isso. Ajuda a regular melhor os seus horários de sono. Você passará a dizer para o seu corpo que está acordando de fato naquele horário – o que facilitará que o sono venha à noite.

Aumenta a disposição, melhora o seu ciclo circadiano, essa coisa toda. Se você puder fazer isso, será muito bom. Uma caminhada vigorosa, uma corridinha assim que você acorda. Meia hora já faz uma boa diferença.

Tatiana falou “estou presa no platô de 75% há 84 anos (risos). O que fazer para melhorar isso? Obrigada!” Isso trata-se melhor com flashcards. O caderno de erros também é bom para isso. Os flashcards são excelentes, porque é uma forma de revisão ativa. Se está errando, jogue a informação no flashcard, siga o algoritmo do flashcard para fazer as revisões na hora certa, do jeito certo e com a frequência certa.

 

Ainda bem que eu não sinto amargo gente.

 

O café para mim quente ou frio é idêntico. Não era para eu estar tomando café. O nutricionista mandou parar um pouquinho, mas não dá para fazer isso do dia para a noite.

Flashcards são uma das melhores formas para sair desse platô de 75%. E de vez em quando deve olhar para as aulas e para os assuntos que está pior. 75% é a média, tem assunto que você está com 80%, outros que está com 60%, 65%. 

Pegue esses assuntos que está pior e trabalhe-os de modo diferente. Ou leia a teoria de novo, ou assista as vídeo-aulas daquele assunto. Se não compreendeu a aula, assistir vídeo-aula será melhor, pois o professor explica bem na vídeo-aula. “Diogo, essa aula aqui é pura decoreba, por isso eu não melhoro”.

Faça alguma coisa diferente com relação às decorebas. Crie mais flashcards daquela aula, faça um esquema, uma tabela, alguma coisa para organizar a informação e revisar aquilo em alguns momentos.

Dá para fazer isso no caderno de erros. Você pode pegar informação e botar mais organizada no caderno. Essas coisas, essa postura mais ativa é necessária para pegar mais detalhes e melhorar o seu percentual de acertos.

 

SAIBA MAIS:

Concurso Técnico do TJ-RJ 2021! Análise do edital e dicas de estudo!

Concurso SEFAZ-SC Analista – Análise do edital e dicas de estudo!

Reforma Administrativa: devo me preocupar? (E outras dúvidas)

Conheça o meu Programa Acelerador de Estudos: CLIQUE AQUI

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixe seu comentário Um comentário

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?