Skip to main content

Concurso TRF 3 (Técnico): Como estudar!

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Quer dicas de estudo e estratégias de preparação para o concurso do TRF 3 no cargo de Técnico Judiciário da Área Administrativa? Veja como fazer seu próprio ciclo de estudos e como revisar!

 

Como estudar para Técnico do TRF 3?

 

A FCC foi a banca escolhida e, no momento da gravação do vídeo, o edital ainda não foi publicado, então as informações serão baseadas no último edital de 2014 e devem subsidiar seu estudo até que o edital saia.

Analisarei novamente as mudanças quando sair o edital, então se inscreva no canal do Youtube (Prof Diogo Moreira) para receber a notificação quando isso acontecer. Em relação às matérias de Português e de Raciocínio Lógico, elas compunham a prova de Conhecimentos Gerais e juntas somavam 20 questões.

A prova de Conhecimentos Específicos (Direito Civil, Processual Civil, Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Previdenciário e Direito Tributário) totalizavam 30 questões.

Direito Constitucional (2 questões), Direito Processual Penal (3 questões), ou seja, matérias grandes e você terá 2 ou 3 questões apenas. É a vida, é o jogo e não adianta reclamar. Conhecimentos Gerais com peso 1, Conhecimentos Específicos com peso 2 e Prova Discursiva com peso 2.

O que é mais importante na hora de subsidiar seu estudo? Espera-se que você já tenha um bom domínio em Português (mesmo tendo peso 1, é uma das principais matérias e será decisiva na sua nota final). Se estiver bem nessa matéria o ideal é que você faça muitas questões para ter noção do estilo da FCC.

Português é uma das matérias mais sensíveis ao estilo da banca. Se você não estiver bem na resolução de questões, então não conseguirá ter um bom resultado. A FCC é muito detalhista e o tempo que você levará para fazer essa matéria é outro detalhe importante.

O Português da FCC é bastante extenso, principalmente Interpretação de Texto, e você não pode vacilar nesse dia. Vou dar dicas em outro vídeo de como fazer a prova quando sair o edital. Nesse vídeo darei dicas de um estudo curto até a publicação do edital, estou gravando esse vídeo em 10 de agosto de 2019 e espera-se que o edital saia até o final de agosto.

 

O ideal é que você já esteja avançado em algumas disciplinas, mas se não estiver trarei dicas para todas as situações.

 

Raciocínio Lógico (6 questões) é uma matéria muito importante. Em Conhecimentos Gerais (Português (14 questões) e Raciocínio Lógico (6 questões)) você tem que acertar, pelo menos, 50%. Se zerar Raciocínio Lógico, terá que acertar, no mínimo, 10 questões de Português, o que não é uma missão tão simples.

Então, está na hora de aprender essa matéria. Busque um bom material com uma didática mais “mastigada” (para aqueles que tem dificuldades em exatas) voltado para quem é iniciante. Entre no meu site, em Bibliografia, e procure minha recomendação sobre os melhores materiais da maioria das disciplinas. Lá encontrará uma sugestão de material básico para Raciocínio Lógico e Matemática.

Você tem que estar muito craque em Português e Raciocínio Lógico. Português, treine com questões, e Raciocínio Lógico, se não tiver uma base, busque fortalecer essa base.

Direito Administrativo (5 questões) e Direito Constitucional (2 questões). Não tenha medo de não se dedicar muito a Direito Constitucional se você estiver pouco tempo, porque foi a matéria com menor número de questões, e isso é comum nas provas de Tribunais.

Existem alguns fatores que você tem que levar em consideração na hora de direcionar o seu estudo. Se você não terminou nenhuma dessas matérias de direito, não adianta inserir todas no seu ciclo agora. Vamos buscar as matérias de maior pontuação primeiro.

Se dedique primeiro à Administrativo (5 questões), à Penal (4 questões) e à Civil (4 questões). Essas matérias são as principais em termos de pontuação e têm que estar no seu favorecimento agora. Processual Civil (4 questões) é um problema, não é fácil e, normalmente, é a mais extensa. Não vale a pena ler Processual Civil inteiro.

 

Não há mínimo por matéria, então se zerar não será eliminado.

 

Você não deixará uma matéria completamente sem estudar! Você estudará os assuntos mais cobrados e, assim, aumentará as chances de ganhar mais pontos. Primeiro aspecto que você tem que levar em consideração é a quantidade de pontos que essa matéria vai te proporcionar.

Outro aspecto é o tamanho de cada matéria. Se Penal (4 questões) tiver menor quantidade de assuntos a estudar que Civil (4 questões), então Penal se torna mais interessante. Cada aula lida de Penal trará mais pontos e será mais rentável para seus estudos. Você não tratará Penal e Civil da mesma forma.

O que significa favorecer uma matéria? Significa dar uma carga horária maior. É fundamental que você divida sua carga horária entre essas matérias até a data da prova. Normalmente fazemos isso no pré-edital por meio de um ciclo de estudo, onde as matérias são estudadas sequencialmente.

Levamos em consideração também o tamanho de cada matéria, e conseguimos visualizar esse tamanho na quantidade de aulas que os cursinhos on-line oferecem. Eu faço essa análise no meu eBook TRF 3 – Técnico Administrativo – Preparação Relâmpago.

Levamos também em consideração o seu desconhecimento da matéria. Matérias que você já teve algum contato, você não deve reler o pdf, mas estudar via questões. Será uma forma de revisar e relembrar assuntos.

Inicialmente errará a maioria das questões, mas não se preocupe, com o tempo e ao fazer mais questões, acertará mais. Isso tomará menos tempo do que ler toda a teoria novamente. Veja a quantidade de aulas que você tem que estudar que são completamente inéditas para você.

 

Deve-se levar em consideração a frequência com que os assuntos são cobrados.

 

No meu eBook há o percentual de frequência com que os assuntos são mais cobrados em todas as matérias. Em Direito Processual Civil, atos processuais (23,5%) é o campeão de incidência.

Menos da metade dos assuntos é responsável por aproximadamente 80% da incidência de questões: atos processuais (23,5%), dos recursos (9%), das partes de dos procuradores (8,4%), do juiz e dos auxiliares da justiça (7,8%), do procedimento sumaríssimo (7,8%), legislação processual civil extravagante (7,8%), do procedimento comum (6,6%), das diversas espécies de execução (6,6%), dos procedimentos especiais (4,2%).

Essa é uma regra geral para quase todas as matérias. Quantidade pequena de assuntos responde por uma quantidade grande de questões. Se você estudar, estude os assuntos que corresponde a 80% de incidência.

Lei a primeira e a segunda aula, que apresentam um caráter introdutório, e depois estude aquelas aulas que tem a maior incidência de aparecer na prova. Eu seleciono todos os assuntos do site de questões e apresento esses dados onde é possível visualizar a incidência de cada assunto.

É possível que no seu edital não caia os assuntos mencionados anteriormente em Processual Civil, nesse caso, pule esse assunto e vá para o próximo que se encontra no seu edital. Comece seu estudo pelos assuntos mais cobrados para garantir pontos na prova.

]Se não deu tempo de estudar toda a matéria e você estudou a metade, que corresponde a 80% de incidência, então garantirá 80%, provavelmente, da pontuação possível. Essas são as formas de você guiar os seus estudos a partir de agora.

Leve em consideração os pontos, o tamanho da matéria, o seu desconhecimento e a frequência com que os assuntos são cobrados. Não passa quem sabe mais, mas quem acerta mais. Se você quiser todas as informações por escrito, a análise estatística completa e uma planilha para colocar seu percentual de acertos em cada assunto, acesse os seguintes links:

eBook TRF 3 – Técnico Administrativo – Preparação Relâmpago

eBook TRF 3 – Analista Judiciário – Preparação Relâmpago

 

 

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS:

CONTRA A PROCRASTINAÇÃO

GRIFOS E QUESTÕES: COMO E QUANDO FAZER NO SEU CICLO DE ESTUDO

COMO ASSIM NÃO FAÇA RESUMOS?!

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

 

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?