Skip to main content

Como conciliar o trabalho com o estudo para concurso?

Por 14/09/2018janeiro 19th, 2019Dicas, Técnicas, Videos

Olá, meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos!

Só passa quem tem o dia inteiro pra estudar? Dá pra conciliar trabalho com estudo de alto rendimento? Como se organizar para não perder tempo e estudar o máximo possível no tempo livre? Trabalho e estudo, eis a questão!

 

Como conciliar o trabalho e o estudo para concurso?

 

Se você está desanimado porque está estudando para concurso, está vendo que é muita coisa e você trabalha o dia inteiro, você chega cansado e acha que não vai ter tempo suficiente por dia para estudar, esse artigo é para você.

E a primeira informação que eu queria trazer aqui é que: no último concurso de auditor fiscal da Receita Federal, mais de 60% dos aprovados trabalharam e estudaram durante toda a sua preparação.

Então, essa é história de que “Ah, fulano não trabalhava.” e até mesmo “O Diogo não trabalhava enquanto estudava, então para ele foi fácil.” é pura conversa!

Todo mundo chega lá. Mesmo quem está trabalhando o dia inteiro consegue alcançar a aprovação.

Claro que, se você trabalha o dia inteiro e não consegue estudar nada no seu trabalho, a sua jornada vai ser um pouco mais cansativa e talvez até um pouco mais demorada.

Não adianta, a gente precisa de uma certa quantidade de tempo para ler todo o material. Então, se você tem poucas horas por dia, você talvez demore um pouco mais. Mas, isso varia de pessoa para pessoa.

 

Eu vou aqui agora te ajudar a maximizar, a otimizar a sua utilização do tempo enquanto você estuda em casa à noite ou em alguns horários alternativos.

 

Se você trabalha o dia inteiro, é muito provável que você não tenha mais do que 4 horas líquidas de estudo por dia. Geralmente, entre 3 e 4 horas, é o mais comum.

Eu tenho diversos alunos no coaching que trabalham durante o dia inteiro e se dedicam aos estudos à noite. 

O que pode ser feito, então?

Os nossos alunos, de uma forma geral, fazem as revisões de 24 horas e as revisões de 7 dias e estudam via ciclo de estudos.

O que eu quero dizer é que se você dispõe de pouco tempo de estudo por dia, talvez seja interessante não fazer essas duas revisões.

A revisão de 24 horas e a revisão de 7 dias são importantes, são boas, ajudam bastante, mas não são fundamentais.

Então, se você tem pouco tempo, a minha sugestão é você deixar de lado a revisão de 7 dias, fazer somente a revisão de 24 horas.

Ela costuma ser um pouco mais rápida e vai te ajudar a consolidar um pouco na memória aquelas informações que você está vendo no dia a dia. 

 

“Mas, Diogo, eu preciso fazer alguma forma de revisão depois, como é que eu faço?”

 

Quer uma dica? Os PDF’s do Estratégia são divididos em aulas que apresentam diversas questões de prova para exemplificar aquilo que é ensinado durante a aula, durante a teoria.

Diante disso, você pode pegar e fazer essa bateria de questões num momento posterior. Isso vai servir como uma boa revisão, já que as questões geralmente estão focadas naqueles assuntos mais importantes, naqueles assuntos mais cobrados.

Você pode simplesmente dar o espaço de uma aula entre a leitura da teoria e a resolução das questões.

Se você terminou de ler a Aula 01, por exemplo, antes de partir para Aula 02, faça as questões da 00, e utilize o horário normal de estudo da matéria para isso. Se terminar de ler a Aula 02, faça as questões da 01, antes de começar a ler a 03 e assim sucessivamente.

Como você vai levar, geralmente, duas semanas, ou talvez até um pouquinho mais do que duas semanas para ler uma aula inteira, você vai estar dando em torno de duas semanas de intervalo entre a leitura da teoria e a resolução das questões. Isso vai servir como uma espécie de revisão.

 

Outra coisa importante, uma outra espécie de revisão, é refazer essas questões futuramente, mais ou menos uns dois meses depois.

 

Isso vai fazer com que você tenha que rever esses assuntos, sem deixar para trás completamente o conteúdo. E, lembre-se, sempre que quando você refizer essa bateria de questões, seja da aula, do PDF, seja do capítulo do livro, reler os comentários, reler as explicações para aquelas questões que você errou.

Não adianta nada você errar uma questão e não saber por quê que errou.

 

Agora, claro, seria muito interessante maximizar o seu horário de estudo, otimizar a sua utilização, e, também, cuidar de modo que você esteja estudando sempre com disposição, sem estar muito cansado.

 

Eu sei que é muito difícil, mas eu tenho alguns alunos que acordam mais cedo e estudam antes de ir para o trabalho. Os resultados são excelentes.

Eu sei que é difícil, eu mesmo, talvez, nem conseguisse fazer. Não sou uma pessoa que gosta de acordar cedo. Mas, aqueles alunos que conseguem acordar 4h30, 5h, estudam 2, 2h30 antes de ir para o trabalho, têm um resultado muito bom.

Isso porque quando chegam do trabalho, falta só 1h, 1h30 no máximo de estudo antes de dormir. Então, a cobrança que você tem sobre você mesmo é muito menor. Fica muito mais fácil de você cumprir o seu planejamento.

Você chega do trabalho, já encara os estudos, estuda ali aquela 1h, 1h30, depois come, descansa, vê um pouquinho de TV, faz alguma leitura leve e deita para dormir.

 

O importante é você saber fazer uma leitura do seu cotidiano e ter criatividade para buscar soluções.

 

Tem gente que consegue estudar no trabalho. Então, faça pelo menos as revisões. É simplesmente pegar o PDF, reler suas marcações, você consegue abrir um PDF ali no trabalho mesmo e dar uma lida, é uma possibilidade.

Eu tenho um aluno que faz as revisões de 7 dias via áudio. Enquanto ele está fazendo a revisão de 24 horas, ele vai falando e gravando, e a de 7 dias ele ouve no carro, indo e voltando do trabalho. É uma possibilidade.

Tem gente que ouve a Constituição Federal, ou CTN enquanto dirige, por exemplo. É importante usar a criatividade para maximizar, para otimizar a utilização do seu tempo.

E, claro, se você dispõe de pouco tempo de estudo por dia, o planejamento é fundamental.

Nada de passar um dia inteiro numa matéria só, nada de esquecer de fazer revisões, ou de negligenciar a importância das questões.

Tudo isso faz parte de um pacote, tudo isso é importante para você conseguir um rendimento e para você conseguir memorização de longo prazo.

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

 

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

 

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES 

 

SAIBA MAIS:

 

RESUMOS: VALE A PENA FAZER?

NÃO DESANIME POR UM RESULTADO RUIM

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas postagens.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos.

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixe seu comentário 2 comentários

  • Marivone Viana disse:

    Dicas prefeitas!!!
    Ótimas opções de otimizar tempo, trabalho e direcionamento nos estudos. Espero conseguir por em prática e deixar de ficar procrastinando. Valeu!!!!

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?