Skip to main content

Estudar fazendo anotações.

 

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

 

Estudar fazendo anotações.

 

Tem muita gente que diz que só aprende escrevendo, anotando ou resumindo. A primeira coisa que você precisa entender é: as suas anotações irão te ajudar, certamente. Elas chamarão a atenção para algo que não ficou claro e que você está com dificuldade.

Porém, você tem muita coisa para ler. Lembre-se sempre de que feito é melhor do que perfeito. Não dá para anotar cada detalhe. A grande armadilha é: você até pode começar anotando só as coisas importantes, mas se perderá no meio do caminho, provavelmente.

 

Quando se der conta, você estará resumindo a matéria inteira.

Não adianta você ter um resumo da matéria inteira que não consegue reler perto da prova, pois ficou grande demais. O estudo precisa ser eficiente. Na véspera da prova, você terá que correr atrás das decorebas, das fórmulas, das listas, das exceções.

Isso tudo precisa estar muito bem preparado no seu material, seja com o caderninho do desespero, seja com algum outro material mais eficiente focado só nas suas grandes dificuldades. Por isso, repense a forma como você faz as anotações ao estudar, bem como a finalidade dessa anotação, se será eficiente ou não para você. Pense nisso!

 

 

SAIBA MAIS:

Muito tempo sem estudar?

Como ler mais rápido.

Aprenda a dizer não para quem te atrapalha.

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?