Skip to main content

Estudar apenas por questões é correto e é possível? Confira!

Por 14/09/2018janeiro 19th, 2019Dicas, Técnicas, Videos

Olá, meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos!

É possível estudar somente com questões de concursos anteriores? Como fica a revisão? De que forma deve ser organizado o estudo para focar nas dificuldades depois? Confira as dicas!

 

Como estudar exclusivamente via questões?

 

“Diogo, não adianta, eu não leio nada desde os gibis do Cebolinha e da Mônica, eu não vou ler esse negócio todo para passar no concurso, eu quero alguma outra forma. Tem?”

Normalmente, não! Se você é preguiçoso, não vai ter fórmula mágica, me desculpe, vai ser muito difícil de você passar.

Mas têm algumas coisas que podem ser feitas para você tentar avançar, especialmente naquelas matérias menos importantes, que são grandes, mas valem poucos pontos, não vai dar tempo de ler tudo, o custo-benefício não é interessante.

Como que é? Que técnica é essa? 

É estudar via questões. Fazer centenas, milhares de questões de prova da banca para você aprender aquilo ali na marra.

Mas eu te adianto: é doloroso! Doloroso por quê? 

Você vai pegar uma bateria de questões, vamos supor que você estude um livro, e aí você pega as questões do capítulo, ou, então, você utiliza um PDF, e aí você pega as questões daquele PDF.

Você não leu a teoria de nada e vai errar muitas questões, vai errar a maioria. Direito você vai acertar ali entre 30 a 50%, mais para 30% do que para 50%.

Então, a quantidade de erros vai ser muito grande.

 

Então, o que você tem que fazer?

 

Identificar as que você errou. Se é alguma coisa absurda, meio bizarra, você volta lá na teoria e estuda só o ponto que você errou. Só aquele assunto. E marca as questões que você errou.

Então, o primeiro passo: corrige, volta na teoria, estuda só aquilo que você errou.

Segundo passo é você marcar as questões erradas, porque você vai refazê-las no futuro. 

E aí você toca o barco, vai para a aula seguinte, faz as questões, corrige… Estuda a teoria, marca as que você errou, vai, segue adiante, próxima aula, próxima aula…

Mas, na metade do caminho, ou em 1/3 do caminho, quando você estiver indo para o final da matéria, faz uma pausa, revisa um pouco as questões iniciais.

Refaz as questões, de preferência todas, corrige, vê quais que você errou, e dá uma revisada rápida, agora você vai ter que reler menos teoria, porque você já aprendeu alguma coisa ali, você vai perceber as questões que errou de novo.

Chame a atenção para os erros, se quiser, anote os assuntos que você está errando, e marque novamente as questões que você errou.

A primeira vez que você tentou fazer as questões, você marcou as questões que você errou, agora você vai marcar de uma outra forma, com mais ênfase. Ou seja, as questões que você errou duas vezes vão estar marcadas de uma forma diferente.

 

O que você vai estar fazendo?

 

Você vai estar avançando na matéria e preparando o seu material para essas dificuldades. Você está preparando para você mesmo no futuro, olhar e falar: nisso aqui eu tinha mais dificuldade. Isso aqui era mais difícil. 

Porque a verdade é que bastante coisa você vai aprender, só que, tem algumas que são pura decoreba, que são muito difíceis, aquelas que você vai ter que depois no futuro pegar a teoria, para estudar MESMO.

Só que aí você vai gastar essa energia com partes muito menores.

Você vai gastar menos tempo para aprender essas coisas muito difíceis.

E aí, o quê que você está fazendo agora ao preparar o seu material?

Você está trilhando o próprio caminho, para você, no futuro, correr atrás desses pontos. Você vai saber exatamente o que é difícil para você, o que merece um estudo no futuro.

Seu objetivo primário agora é estudar a matéria inteira.

Você não quer aprender tudo, você não quer: “pronto, dei uma passada geral e vou ser aprovado”, não.

Você estudar a matéria inteira para ter uma noção geral e, a partir daí, com o material preparado, você vai focar cada vez mais nas dificuldades, nas decorebas, naquilo que merece uma atenção especial.

 

Portanto, organização é fundamental.

 

Não só marcar as questões que você errou, não só marcar diferentemente as questões que você errou duas vezes, mas anotar mesmo numa planilha, num papel, por exemplo: Direito Administrativo – Aula 0, acertei X de Y questões.

E você vai anotando isso aí. “Refiz”. Como eu te falei, quando você está em 1/3 ou metade da matéria, você refaz as aulas antigas. Anota lá, “refazendo as questões da Aula 0 de Direito Administrativo. Acertei 15 de 40”.

Você vai ver a sua evolução e você vai ter um mapa exato de como você está nessas matérias. Matéria a matéria, aula a aula.

O seu objetivo aqui é ler a matéria, é ter uma noção geral, e preparar o terreno para o futuro. Vou repetir: não é para você tentar pegar tudo agora, você não vai sair fazendo questões, dando uma “revisadinha” e ser aprovado na prova.

Você está preparando o seu material e é um desafio.

Para estudar dessa forma, você vai ter que ter uma postura cada vez mais ativa. Você vai ter que pegar o seu material, organizar, você vai ter que correr atrás dos pontos de dificuldade, você vai ter que encarar de forma diferente aquilo que você está errando, aquilo que não está entrando na sua cabeça…

É muito mais difícil, requer muito mais proatividade da sua parte do que aquela coisa de ficar na aulinha, assistindo o professor falar e pensando na vida, no trabalho, no chefe, na esposa…

É completamente diferente! É uma técnica para concurseiro bom. É coisa de estudante de verdade. E não de “aluninho” Ok?

É um desafio. Mas se você quer seguir dessa forma, é assim que você tem que fazer.

Se você já estuda exclusivamente via questões, ou se você já fez isso em algum momento, escreve aqui nos comentários, me conta como foi, fale quais foram os pontos positivos que você observou com isso aí, e quais foram os pontos negativos, quais foram os desafios de estudar somente via questões.

E me conta se até aqui deu certo ou não.

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

 

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

 

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS:

 

COMO TER MAIS CONCENTRAÇÃO AO ESTUDAR E VENCER A ANSIEDADE?

PREGUIÇA ALÉM DO NORMAL PARA ESTUDAR: SAIBA COMO VENCER ISSO DE VEZ!

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas postagens.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos.

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?