Estudo e não aprendo

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos.

Se você nunca estudou para concursos, iniciou seus estudos agora, ou se você nunca foi um bom aluno, provavelmente você sente que não está aprendendo nada e que vai ser impossível decorar tudo aquilo.

 

Estudo, estudo e estudo e fico sempre com a sensação de que não estou sabendo nada.

 

Se você é iniciante no mundo dos concursos, se você não estuda há muito tempo, ou se você nunca foi um bom aluno, então provavelmente você está começando a estudar e sentindo que não está aprendendo nada, que não vai chegar a lugar nenhum e que vai ser impossível decorar tudo. Calma! Primeiro é ter calma!

“Comece pelo começo e siga até o fim”, disse o rei solenemente, em Alice no País das Maravilhas. A quantidade de matérias é realmente absurda para a maioria dos concursos, mas você não tem que aprender tudo na primeira lida.

Você terá múltiplas revisões, múltiplas oportunidades de aprender cada vez mais e “pegar” cada vez mais os detalhes. No começo se preocupe em dar uma passada geral na matéria, entender de uma forma geral e não se preocupe com os detalhes ainda.

Claro, se você estiver com um percentual de acertos muito baixo ou não estiver entendendo nada, é provável que seu material seja ruim. Hoje em dia temos muitos cursinhos bons na internet, temos muito autores consagrados de livros.

Estou preparando uma indicação bibliográfica em breve, clique aqui para ficar sabendo quando será lançado.

 

Nem todo material é bom.

 

Vamos trocar uma ideia para você entender o que é mais consagrado no mundo dos concursos hoje em dia. Supondo que seu material seja razoavelmente bom, como você pode trabalhar a partir de então? O ideal é fazer múltiplas revisões, mas não se preocupe, você não irá reter tudo na primeira lida.

Entenda a matéria e faça como se fosse um estudo em camadas. Dê uma lida geral na matéria e grife seu material. Cada vez que você revisar os seus grifos estará adicionando mais uma camada de conhecimento. Cada vez que você fizer questões de provas anteriores será mais uma camada.

Assim você estará construindo seu conhecimento. Lembre-se: não é na primeira lida. A primeira vez que você ler a matéria não será a sua última chance para aprender aquele assunto.

 

Se você está no começo, a dica mais importante é essa: seja organizado desde o início.

 

Organize seu material; grife da forma correta; marque os assuntos mais importantes; marque aquilo que você não entendeu ou aquilo que precisa ser revisto no futuro; marque as decorebas de uma outra forma ou de outra cor para você voltar nelas futuramente.

Se estiver resolvendo questões de provas anteriores, anote qual era o assunto ou a aula ou o capítulo, quantas questões fez e quantas acertou. Isso será importante pois terá um mapa de como foi o seu estudo até então, onde estão suas fraquezas e quais assuntos precisa focar para desenvolver melhor seu percentual de acertos.

Uma coisa tem que ficar bem clara: você só vai ler a teoria uma vez! Você nunca irá ler a teoria duas vezes. Grifou o material? Então a partir disso você vai ler os seus próprios grifos. Não grifou material? Vá para resoluções de questões.

Cada vez que você errar uma questão ou sentir que está com dificuldade em algum assunto, faça uma revisão pontual, mas nada de pegar tudo de novo para ler. Quem já me segue há mais tempo sabe que eu normalmente não sou a favor de fazer resumos, especialmente para você que está começando.

 

Não faça resumos se é a primeira vez que você está tendo contato com a disciplina.

 

Tudo vai parecer difícil, tudo vai parecer importante e você vai achar que tem que resumir o material inteiro. É capaz de você pegar um material de 50 páginas, resumir e ele ficar com 60 páginas. Tudo vai parecer complicado. “Segure a onda” e não faça resumos. 

Grife seu material, faça as revisões de 24 horas e de 7 dias e “toque o barco”, ou seja, siga em frente. Feito é melhor do que perfeito. E acima de tudo, tenha calma. É muito conteúdo, é muito assunto para ser lido e você ficará nesse empreendimento durante meses ou até anos, dependendo da prova.

Todo mundo começa assim: no início sem saber quase nada, com dificuldade e achando que não vai conseguir dar conta. Faça uma coisa de cada vez. Foque no seu planejamento semanal, no ciclo de estudos do dia de hoje, faça sua parte. Uma longa caminhada bem feita é feita dia a dia com muita disciplina.

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS:

MUITO TEMPO SEM ESTUDAR? VEJA COMO RETOMAR

COMO COLOCAR AS REVISÕES EM DIA

REESTRUTURAÇÃO DA RECEITA FEDERAL

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixe seu comentário Um comentário

  • Sandra Gimenes disse:

    Bom dia, Professor Diogo!

    Eu sempre trabalhei em empresas privadas e com muita dedicação. No momento estou desempregada e muito desanimada por conta da situação em que me encontro. Eu quero muito prestar um concurso público, mas não somente pensando em instabilidade. Tenho comigo que trabalhar enaltece qualquer ser humano que gosta de se sentir útil à sociedade.
    Hoje estou com 54 anos e por várias razões só consegui depois de várias tentativas frustradas concluir o ensino superior em Tecnologia de Gestão Comercial em 2013.
    Eu sempre pensei em trabalhar até o último dia da minha vida, mesmo que seja em um ritmo mais tranquilo quando a idade e as dificuldades chegassem.
    Agora, diante da concorrência que existe nos tempos atuais, fico em dúvida se arrisco investir para tentar um TJ SP ou algum outro que eu possa colaborar na área administrativa!
    Percebi nos seus vídeos, que há muita clareza e sinceridade nas suas palavras e em nenhum momento percebo somente interesse financeiro nessa sua empreitada.
    Parabéns pelo digno trabalho em ajudar muitas pessoas!
    Desde já agradeço à atenção que dispuser para as minhas dúvidas.

    Que Deus ilumine sua trajetória e lhe de saúde para prosseguir sempre.

    Sandra Gimenes

Deixar comentário