Skip to main content

O JEITO correto de estudar por videoaulas!

Por 15/05/2018janeiro 18th, 2019Dicas, Técnicas, Videos

Olá, meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos!

Como fazer o estudo por videoaulas ou cursinho funcionar? O que é necessário fazer para conseguir revisar e treinar questões sem perder aqueles detalhes importantes de decorar? Confira!

 

Como fazer o seu estudo por videoaulas render?

 

Se você me conhece, me segue aqui no canal, sabe que eu não sou muito fã de videoaulas. Eu acho que é uma ferramenta boa didaticamente, porém, é mais lenta, e, normalmente, quem está estudando para concurso está correndo contra o tempo.

Mas, pode ser que você tenha muita dificuldade, que você tenha que assistir videoaulas, isso pode ser o seu caso…

 

E aí, Diogo? Não briga comigo, eu quero assistir videoaulas, como que eu faço esse negócio render?

 

Em termos de qualidade de conteúdo, o ideal é que você assista videoaulas e faça anotações.

Por quê? Porque você tem que revisar isso de alguma forma e essas anotações seriam um bom caminho.

Você anota aquelas coisas difíceis que o professor falou, que você olha e vê que é melhor anotar porque você vai esquecer, ou porque não sabe o quê que é aquilo e até precisa pesquisar melhor, porque não ficou claro.

E aí você faz as suas anotações.

Qual é o problema?

A videoaula já é uma coisa lenta. Se você tiver que parar para anotar, ou então, anotar enquanto o professor fala, enfim… A coisa fica mais lenta ainda. Vai demorar muito para você conseguir ver tudo.

E tem um outro problema. Se é a primeira vez que você está vendo a matéria, e deve ser a primeira vez porque você está assistindo videoaula, muitas das coisas que o professor está falando são fáceis, mas você não sabe disso ainda.

Você olha e fala, “o quê? Não entendi nada. Direito Administrativo parece de outro mundo e essas expressões que eu não sei nem o quê que ele está falando”.

Sinceramente, na minha primeira aula no cursinho eu vi o professor de Direito Tributário falando não sei o quê do CTN… Eu olhei para o lado e falei, “cara, o quê que é CTN?“.

Nada mais era do que o Código Tributário Nacional, simplesmente, a coisa mais importante do Direito Tributário!

Foi assim que eu comecei, e eu cheguei lá. Então fica tranquilo que você pode chegar lá também.

Bom, ou seja, tem muita coisa, eu gastei um tempinho anotando “CTN?” no meu carderninho… Brincadeiras a parte, tem muita coisa para você ver nessas aulas e que são fáceis.

Você quando estiver na metade da matéria, quando já estiver terminado de estudar aquela matéria inteira, vai olhar os seus resumos do começo e vai falar: “Meu Deus do céu, por quê que eu fiz isso aqui? Por que que eu gastei tanto tempo anotando essas porcarias? Não precisava, que droga.”

Isso vai acontecer, eu te garanto. Aconteceu comigo também. Então, você vai gastar tempo anotando coisas agora, que são fáceis.

 

Diogo, desembucha, qual é a sua solução?

 

A minha solução é da ordem prática: assista a videoaula, aquele módulo completo com todo aquele assunto, normalmente são 2, 3 ou 4 videoaulas seguidas e os materiais, os cursinhos, principalmente os cursinhos online, oferecem baterias de questões divididas para cada um desses módulos.

Você assiste 2 ou 3 aulas, tem uma bateria de questões. Faça essas questões como exercício de fixação. Assista a videoaula, não anote nada, se você está correndo contra o tempo principalmente, presta muita atenção, terminou de assistir a aula, faz a bateria de questões.

Marque quais questões que você errou, vê quais são os assuntos que você está errando.

Dessa forma, você fez uma rápida revisão via questões daqueles assuntos e anotou os assuntos que você está errando.

Se você fizer assim, você vai ter aquela dor de errar questões, e a dor é um grande aprendizado e a dor é uma grande professora. Então, ao errar, você vai pegar aqueles detalhes e falar, “beleza. Isso aqui eu não erro mais”.

Então, o seu aproveitamento, a sua memorização vai ser muito maior nesse sentido.

Além do mais, claro, você está fazendo questões, e o concurso nada mais é do que fazer questões.

Não passa quem sabe mais, passa quem acerta mais questões. Isso é o que mais interessa para você.

 

Diogo, e as questões que eu errar, eu vou fazer o quê?

 

Se você tivesse um material escrito, eu iria te sugerir, ao errar questões, dar uma olhada nesse material, pegar esses assuntos e dar uma rápida revisada.

Você teria lido a matéria, você teria grifado, e aí você iria agora, simplesmente, reler os seus grifos. Por isso que o material escrito é mais interessante.

No seu caso, você não tem. Pelo amor de Deus, você não vai assistir a aula de novo porque, como eu falei, o negócio já é lento, imagina se você assistir duas vezes. Não dá!

O que você vai fazer então nesse momento? Nada!

Você vai ver se as questões que o cursinho te ofereceu têm comentários por escrito, reza para ter, se tiver, ótimo, relê esses comentários, senão, vê qual que é a alternativa certa, leia ela com carinho e siga adiante.

 

Diogo, tá maluco? Eu vou passar o negócio sem aprender?

 

Vai! Vai porque, como eu te falei no começo, quando você está lá na frente, essas aulas iniciais parecerão muito mais simples e fáceis. Você vai olhar aqueles conceitos e falar, “nossa, aquilo ali era básico”.

Qual é o problema?

Se você assistir o seu Módulo 1 inteirinho 20 vezes, você não vai entender ele tão bem quanto você vai entender quando você terminar de ouvir a matéria inteira, ler a matéria inteira, estudar a matéria a inteira, e der uma olhada naquelas aulas iniciais de novo.

Após esgotar o conteúdo inteiro, você vai ter mais experiência, você vai ter mais bagagem, você vai ter aprendido assuntos correlatos em outras matérias. Constitucional e Administrativo se entrelaçam várias vezes, por exemplo. Tudo vai fazer mais sentido.

Aí sim você dá uma revisada naquelas aulas iniciais, eu espero que até lá você já tenha algum material escrito e, se não tiver, vai refazer todas as questões, vai corrigir novamente, e vai partir para um site de questões.

Assine, por exemplo, o TecConcursos, são 30 reais por mês, eles têm milhares de questões de provas anteriores, faça muitas e muitas e muitas questões!

O que é legal no Tec? As questões são comentadas! Então, você vai errar questões, vai ter um comentário de um professor ali embaixo, te explicando cada alternativa, por quê que é, por quê que não é.

Lá na frente, quando você errar alguma coisa, você vai olhar o comentário e falar: beleza, eu entendi. O que não vai acontecer quando você estiver lendo pela primeira vez a Aula 1 de Direito Constitucional.

Confie em mim. É assim! 

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

 

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

 

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS:

 

COMO ESTUDAR APENAS POR QUESTÕES?

COMO ESTUDAR PARA 2 OU MAIS CONCURSOS AO MESMO TEMPO?

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas postagens.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos.

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixe seu comentário 3 comentários

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?