Provas suspensas? Área Fiscal e Controle ao mesmo tempo? Quando revisar Caderno de Erros? Respondo!

Por 02/06/2020 junho 5th, 2020 Dicas, Técnicas, Videos

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concurso.

Provas suspensas: devo manter a carga horária de estudos ou reduzir? É verdade que da pra estudar pra Área Fiscal e Área de Controle (Tribunais de Contas) ao mesmo tempo? É melhor estudar pra Auditor sempre ou focar em Analista aumenta as chances? Com que frequência devo revisar o Caderno de Erros? Saiba agora.

 

Provas suspensas: devo manter a carga horária de estudos ou reduzir?

 

O Everton perguntou: provas suspensas, estudo em modo revisão e rendimento em 80%, desacelerar para uma média de 2 horas diárias é suficiente? A quantidade de horas varia de pessoa para pessoa. Faça o máximo que você aguentar sem ficar muito cansado.

Com a prova suspensa, você não pode queimar a largada mais. O ritmo pós edital dura, no máximo, 2 ou 3 meses, após esse tempo você fica exausto e não rende mais. Se a prova foi suspensa para todo mundo, então reduza a carga horária diária, pegue um pouco mais leve, faça atividade física, cuide do sono porque a caminhada passou a ser de longo prazo.

 

Estudo simultâneo para as áreas fiscal e de controle: é possível?

 

O Leandro perguntou: Professor, estava participando em um grupo no Whatsapp em que muitos alunos estavam dizendo que estudavam para a área fiscal e controle. Isso é possível? Leandro, é super possível! Na verdade, quase obrigatório depois que você estiver muito avançado. Essas duas áreas são muito próximas, elas têm várias matérias em comum.

De um lado, na área fiscal, você tem Contabilidade Geral e Direito Tributário como maior ênfase e do outro, na área de controle, você tem AFO e Contabilidade Pública. Algumas provas da área de controle cobram Contabilidade Geral e algumas provas da área fiscal cobram Contabilidade Pública e AFO.

Elas ainda se misturam. Por isso, é bem comum, mas você tem que estar avançado para estudar para essas duas áreas ao mesmo tempo. Você tem que estar com quase todas as matérias de uma delas finalizadas.

O Marcelo perguntou: Professor, como objetivo final sendo a Receita Federal, vale primeiro as comuns de Analista e Auditor ou apenas Auditor para abrir leque para outros fiscos? Eu abriria o leque para outros fiscos.

Estudaria para Auditor, estudaria para a área fiscal porque se você fizer isso, se preparar para Auditor de qualquer prova da área fiscal, quando sair edital para Analista você estará over preparado. Você estará melhor do que quem focou apenas para Analista.

Recomendo focar apenas para Analista para quem tem carga horária pequena de estudos, por exemplo, duas horas diárias e sabe que vai ser muito complicado bater um edital inteiro e grande. Então, nesse caso, foque para Analista.

 

Caderno de erros

 

O Fabiano perguntou: Professor, quanto ao caderno de erros, se não devemos ler antes das questões, então que horas revisar o material? Boa pergunta. Um conceito importante que você tem que ter é que o caderno de erros é dinâmico.

Essa é uma ideia importante. Ele vai ter entrada de conteúdo, você vai escrever assuntos no caderno de erros sempre que você estiver errando ou se for decoreba, você decora e alguns assuntos vão sair do caderno de erros também.

Aquilo que você anotou uma vez, leu e percebeu que já é fácil, está tranquilo, decorou achando que era difícil, mas não é, então você pode riscar do seu caderno de erros. Informações novas entram e informações saem, mas em vez de apagar, risque, vai que você precise ler um dia novamente.
Esse é um conceito importante.

Mas, respondendo a sua pergunta, o caderno de erros no começo é pequeno. No primeiro dia que você monta seu caderno de erros ele vai ter 5 frases. Então você relê isso em dois minutos.  No começo não há necessidade de escolher um lugar específico no ciclo para o caderno de erros. Você pode, por exemplo, todo domingo à tarde ler os seus cadernos de erros.

No começo, uma vez por semana ou uma vez a cada duas semanas você relê seus cadernos de erros. Quando os cadernos ficarem maiores aí você vai ter que achar um lugar no seu ciclo, seja em um dia da semana (todo domingo à tarde) ou seja em um horário no ciclo, por exemplo, matérias X, Y, Z e caderno de erros ou matérias A, B, C e caderno de erros. Você pode colocar dessa forma, fique livre e vá conforme você lida com seus cadernos de erros.

O Fabiano continua: Respondeu mestre. Só mais uma questão, há um tempo ideal de ler o material depois de fazer as questões? Pergunto para ajudar na memorização. As questões são a ferramenta de memorização. Você não memoriza bem relendo.

Você memoriza bem fazendo questões. Sei que é diferente, é intuitivo, não faz sentido, mas é.  “Diogo, o que você sugere? Reler 30 páginas ou fazer 30 questões?”  Faça 30 questões. Você vai memorizar melhor assim.

 

 

SAIBA MAIS:

PRF – Como estudar para o concurso da PRF! Baseado no edital PRF 2018-2019

Quando os concursos voltarão?

Concursos da Área Policial em 2020

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas informações semanalmente.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos!

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixar comentário