Skip to main content

Revisar só via questões de prova é possível? (Dúvida de uma aluna)

Olá! Meu nome é Diogo Moreira, sou Auditor-Fiscal da Receita Federal e estou aqui para te ajudar a sair dessa “vida bandida” que é estudar para concursos.

Após terminar uma matéria integrante do seu estudo para concurso, o que fazer? Como mantê-la na memória até o dia da prova? Confira as dicas a seguir.

 

Conseguir ler uma matéria por inteiro já é um desafio, mas o outro desafio que surge é descobrir o que fazer após isso para não esquecer o que foi estudado…

 

Esse tema surgiu de uma dúvida de uma aluna do COACHING, segue a pergunta:

“Bom dia, Diogo! Adorei o e-book! Bons insights e mudanças que só quem está de fora consegue ver. Vou tentar segui-lo à risca e fazer acontecer, rs! Mas, fiquei com algumas dúvidas. Você colocou as matérias que já finalizei em verde e devo vê-las só via questões e fazê-las por tópicos para detectar possíveis deficiências. A dúvida que ficou é como farei as revisões? Qual a porcentagem ideal para eu seguir para o próximo tópico? A porcentagem será líquida, (já descontando as questões erradas), tendo em vista que será o CESPE? Caso não atinja esse percentual, devo voltar à teoria?”

Quando meus alunos terminam a matéria toda eu oriento que refaçam todas as questões de fim de aula (quando tem no material que utilizam). A ideia é dar uma passada geral na matéria, treinando questões pois essa resolução de questões dá aquele percentual de acerto que permite saber se a pessoa está bem ou não.

Muitas vezes você acha que está bem em uma matéria simplesmente porque gosta dela e não por estar acertando questões o suficiente.

 

Fazer questões é revisar!

 

No “mundo dos concursos” fazer questões é o melhor tipo de revisão que existe. Preferencialmente se você fizer questões da banca examinadora do concurso para o qual você está estudando.

Muitas vezes eu simplifico e considero que é a melhor estratégia.

Quanto às marcações, você já releu, já utilizou nessa fase dos estudos. Também já perdeu muito tempo fazendo os resumos que devem estar desatualizados e pode estar revisando coisas que já estão bem fixadas e não precisam tanto das revisões. Então, nada disso é muito legal.

Porém, fazer questões te dá uma noção direta do que você está sabendo e o que não está em relação ao conteúdo estudado.

Nessa fase, se você ainda estiver errando alguma questão, vai lá na teoria, veja o porquê de estar errando, o que você não aprendeu naquele assunto.

Eu considero então que se você estiver fazendo questões, não tem porquê ficar voltando nas marcações de toda a matéria, ficar voltando nos resumos completos que você fez. Se você estudar via questões e revisar o que você estiver errando estará fazendo um estudo de mais eficiência e estará utilizando o seu tempo de uma forma mais eficiente.

 

E qual é o percentual de acertos ideal? Bom, existem dois parâmetros de percentual de acerto.

 

Se você estiver utilizando as questões de final de aula do seu material teórico, o percentual de acerto tende a ser maior pois você já viu aquelas questões, já corrigiu, então eu diria que pelo menos 80% de acerto seria o ideal. De preferência de 85% a 90% de acerto.

Mas, se você estiver fazendo questões novas e aleatórias em um site de questões, tipo QConcursos ou TecConcursos, aí o percentual de acertos tende a ser um pouco menor. Isso porque você nunca viu aquelas questões, você não sabe o gabarito delas à toa e não teve seleção de assuntos pelo professor. Nesse caso, se você estiver acertando de 75% a 80% está um percentual aceitável.

 

Observe que esses são percentuais de acertos são altos, pois você já leu a teoria, revisou, ou seja, não é a primeira vez que você está vendo a matéria.

 

Caso você esteja lendo a matéria pela primeira vez, no começo dos seus estudos e pegando as questões do final das aulas como exercício de fixação, o percentual de acertos tente a ser menor. 

Nesse caso eu digo que se você estiver acertando menos que 60% das questões, significa que você não está entendendo a aula muito bem. Revise essa aula antes de seguir adiante (marcações e/ou resumos).

Por outro lado, se você estiver bem avançado mesmo, fazendo questões novas para tentar simular a prova, ou seja, se você é um aluno avançado e está meio “empacado” nesse percentual de acertos, existem 5 PASSOS PARA ACERTAR MAIS QUESTÕES e esse é o título de um vídeo meu no YouTube que vale a pena você ver.

 

ESTUDE COMIGO DURANTE 12 MESES!

 

O Coaching (mentoria ou consultoria) é um atendimento em grupo. Eu faço o seu planejamento de estudos inicial, dou acesso a dezenas de vídeos exclusivos com técnicas de estudo e abro espaço para todos os alunos conversarem e trocarem experiências de como estão estudando. CLIQUE AQUI para saber mais!

 

 

E-BOOK GRÁTIS – 9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

Neste eBook, conto minha trajetória e explico passo a passo o que você deve fazer para extrair o máximo dos seus estudos para concursos públicos:

 

9 PASSOS QUE ME LEVARAM À APROVAÇÃO EM 9 MESES

 

SAIBA MAIS:

 

5 PASSOS PARA ACERTAR MAIS QUESTÕES

COMO COMEÇAR A ESTUDAR PARA CONCURSOS

ENFRENTE OS DIAS MAIS DIFÍCEIS E APRENDA A ARTE DA RESILIÊNCIA

 

E se você quiser conferir mais dicas sobre concursos como essa, coloque o seu e-mail no campo “Receba novidades” no final desta página, para receber novas postagens.

Me siga nas redes sociais para acompanhar mais conteúdo a respeito de concursos públicos.

Muito obrigado e até a próxima!

 

Compartilhe este post por meio dos links abaixo:

Deixe seu comentário Um comentário

Deixar comentário

Quer receber mais informações e ajuda sobre este e outros concursos?